Quem sou eu

Minha foto
Gaúcho de Pelotas, com experiência jornalística internacional, atuando em Rádio, TV e Jornal por mais de 40 anos. Cobriu duas Copas do Mundo (EUA e França), nove edições da Copa América e os Jogos Olímpícos de Atlanta (EUA), entre outros eventos importantes. Idealizador dos Jogos de Inverno Intersociedades de Londrina. Compositor premiado em diversas edições do Festival de Música de Londrina na década de 70.

domingo, 28 de maio de 2017

William Bonner tem apenas 
uma gripe e vai voltar ao JN



                William Bonner se afastou do “Jornal Nacional” há cerca de uma semana, quando foi substituído pelo jornalista Heraldo Pereira, e causou burburinho na internet, já que ele não está no seu período de férias. No entanto, o motivo da sua ausência é um problema de saúde.

                Segundo informações obtidas pelo colunista Maurício Stycer, Bonner está com uma gripe. Ele comandou o telejornal pela última vez na última sexta-feira (19), dois dias depois de uma edição histórica da atração, quando foi noticiada a delação de corrupção no Governo, por Wesley Batista.

            Depois dos momentos tensos, refletidos na bancada do “JN” com o nervosismo dos âncoras, no dia seguinte, Bonner cometeu uma gafe, ao quase chamar o presidente Michel Temer de “ex”. As edições de quinta e sexta-feira foram duas das mais longas de toda a sua história.  Agora, a Globo afirma que Bonner voltará a apresentar o jornal quando melhorar da gripe.

Roland Garros
Thomaz Bellucci estréia bem


               Foi boa a estréia do melhor tenista brasileiro em Roland Garros. Thomaz Bellucci derrotou o sérvio Dujan Lajovic por 3 a 1, com parciais de 4/6, 7/5, 6/4 e 6/4, na Quadra 17 do Complexo.  O calor e a umidade dificultaram bastante, mas Thomaz superou algumas dores lombares e passou para a segunda etapa do ATP de Paris.

                 Seu adversário de quarta-feira será o cabeça 16 Lucas Pouille, que ganhou o duelo francês diante do veterano Julien Benneteau, com duro placar de 7/6 (8-6), 3/6, 4/6, 6/3 e 6/4. Bellucci e Pouille jamais se enfrentaram no circuito.

O domingo absoluto da Ferrari !



                      Sebastian Vettel teve um domingo perfeito em Mônaco. O alemão venceu a prova de Monte Carlo e viu seu maior concorrente no Mundial, Lewis Hamilton, ficar fora do pódio. A Ferrari, aliás, foi a grande vencedora, porque Kimi Raikkonen foi o segundo colocado. 

                    Sebastian Vettel usou bem a estratégia dos boxes para vencer o GP de Mônaco. Saindo em segundo, o alemão não deixou o pole e companheiro de Ferrari, Kimi Raikkonen, disparar após a largada e aproveitou a parada para troca de pneus para garantir sua terceira vitória na temporada 2017.  Uma estratégia no estilo Michael Schumacher.

                          O finlandês ficou em segundo, completando a dobradinha da Ferrari - que não vencia no Principado desde 2001 -, e Daniel Ricciardo (Red Bull) fechou o pódio. Valtteri Bottas (Mercedes) terminou em quarto, seguido por Max Verstappen (Red Bull) e Carlos Sainz Jr (Toro Rosso). Lewis Hamilton, que saiu em 13º lugar, conseguiu uma boa prova de recuperação e chegou nos pontos, em sétimo.  Felipe Massa também alcançou o top 10 com o nono lugar.
                              Com o resultado em Mônaco, Vettel chega a 45 vitórias na F-1 e aos 129 pontos no Mundial, disparando na liderança e abrindo 25 de vantagem para Hamilton.
                               A prova ficou marcada pelo breve retorno de Jenson Button à McLaren para Fernando Alonso correr nas 500 Milhas de Indianápolis, também neste domingo.O britânico, porém, causou um acidente de impressionar quando tocou em Pascal Wehrlein e a Sauber do alemão ficou de pé na entrada da reta oposta, como se vê na foto abaixo.
A nova cela de Cabral 


             Na manhã deste domingo, o ex-governador Sérgio Cabral foi transferido de Bangu 8, em Gericinó, para o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP) em Benfica, na Zona Norte do Rio.
Por volta de 10 da manhã, ele chegou ao antigo BEP (em funcionamento desde fevereiro deste ano, quando o local foi totalmente reformado e passou a se chamar Cadeia Pública José Frederico Marques), em um comboio de pelo menos nove caminhões, ao lado de outros detentos. No local, além de Cabral, ficarão outros presos da Operação Lava Jato com curso superior e condenados por não pagar pensão alimentícia.
De acordo com as primeiras informações divulgadas, Cabral ficará em cela de 16 metros quadrados, onde há um pequeno banheiro com pia, um chuveiro, um colchão e uma televisão de 14 polegadas.
  Paysandu "se fantasiou" de
  Grêmio e "faturou" o Inter




                     Acho que o Inter "tremeu", ontem em Belém, quando viu o Paysandu entrando em campo, com meias e calções pretos junto com a camisa azul e branca. Até parecia o Grêmio. Não deu outra: o Paysandu ganhou por 1 a 0 e jogou o Inter lá pra décima colocação da Série B.
                             Como serão as grandes férias de Neymar

               
Neymar terá pela primeira vez na carreira dois meses de férias e já faz planos com a namorada, Bruna Marquezine. O jogador passará boa parte do tempo no Rio, mas pretende viajar para praias paradisíacas na Europa com a atriz. Praticamente sairão em lua-de-mel!
                

sábado, 27 de maio de 2017

  Tubarão joga bem e
 consegue a 1ª vitória 




Com duas duplas muito boas, o Londrina ganhou agora há pouco do Luverdense, no Estádio do Café, por 3 a 1. Germano e Jardel estabilizaram o meio-campo, e Artur e Jonas Belusso desequilibraram o jogo, no ataque. Finalmente, uma boa atuação do Tubarão, em seu reduto. 

Especialmente no primeiro tempo, o Alviceleste esteve muito bem. E Jonas Belusso (foto) fez o único gol desta etapa, aos 32 minutos. Já no segundo tempo, o jogo ficou mais complicado, porque o Luverdense veio pra cima e empatou aos 12 minutos, com um lindo gol de Eric.



Foi então que o Londrina mostrou sua força. Dois minutos depois, passou novamente a frente no marcador, com "uma pintura" de gol. Artur lançou Belusso, que esperou a saída do goleiro Diogo Silva, tocando por cobertura. Realmente um golaço. 

Mas o centroavante teve o seu mau momento na partida. Em menos de dois minutos, levou dois cartões amarelos por reclamação e foi expulso, aos 36 minutos, deixando o time em situação difícil. E o jogo ficou mesmo dramático.

Mas a tarde-noite era mesmo do Londrina, que se fechou na defesa e criou um contra-ataque mortal, aos 42 minutos. Artur e Jardel roubaram a bola e armaram a jogada. Jardel deu um passe "açucarado" para Marcinho, que entrava pela esquerda e finalizou com perfeição: 3 a 1.





Reynaldo Gianecchini está de cabelos loiros. O ator circula com o novo visual.    (Agora SP)                                                      

                                                                                                       
     Como sempre, "vai sobrar"  
          para os aposentados


                        O agravamento da crise política no país pode trazer consequências para os aposentados do INSS.
A instabilidade em Brasília ameaça o adiantamento da primeira parcela do 13º de aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios.
Até o momento, não há nenhuma definição sobre a antecipação da grana no governo e a falta de diálogo preocupa os representantes dos aposentados.
A Cobap (Confederação Nacional dos Aposentados) enviou, há 90 dias, um ofício solicitando o pagamento antecipado ao Ministério da Fazenda, mas ainda não recebeu resposta.
Em anos anteriores, de expansão econômica e estabilidade política, entre maio e junho costumava-se ter ao menos a garantia do adiantamento.


                       A Globo tem um plano ousado para tirar do papel a minissérie sobre Elis Regina (1945-1982) escrita por Gilberto Braga. Com roteiro inteiramente pronto e adiada para 2018, a produção só ganhará força para sair do papel se o canal conseguir um nome específico para estrelá-la: Maria Rita. A Globo quer a filha de Elis como protagonista do projeto, que terá direção de Dennis Carvalho. A cantora será procurada em breve.
                                                                               (Fonte: Agora SP)
Justiça x Justiça
    A Lava-Jato está de olho 
no ministro Gilmar Mendes




                A varredura a um dos endereços de Aécio Neves em Minas não mirou só no tucano. A Lava-Jato procurava informações sobre Gilmar Mendes.  Os agentes tinham ordens explícitas com o nome do ministro.
No grampo realizado nos números de telefone de Aécio Neves, o ministro Gilmar aparece em conversa com o senador tucano. Os dois falam sobre o projeto de lei sobre o abuso de autoridade.
Na transcrição dos diálogos, Aécio pede ajuda ao ministro para conquistar um voto na comissão do Senado que analisava o projeto.
Aliás, cabe a Gilmar Mendes, mais do que nunca, o destino a curto prazo de Michel Temer. Nada acontecerá no TSE, no dia 6 de junho, que não seja o desejo do ministro do STF.
FÓRMULA 1 
   Pelo treino, vamos ter um 
  GP de Mônaco sensacional



                     Kimi Raikkonen cravou a pole número 224 para Ferrari em Mônaco. Seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel ficou em segundo e garantiu a dobradinha de equipe de Maranello.
Em terceiro Bottas amenizou a vergonha da Mercedes já que Hamilton largará apenas em 13º.

                     Foi um treino classificatório de tirar o fôlego. Apenas 0s045 de diferença entre o pole e o 3º colocado. Depois de quase nove anos e 128 GPs, Kimi Raikkonen enfim acabou com o jejum e conquistou a pole position para o GP de Mônaco, a primeira dele desde o GP da França de 2008, a 21ª na carreira. Sebastian Vettel ficou muito próximo de tirar a primeira colocação do companheiro de equipe, mas acabou em segundo. Valtteri Bottas fechou em terceiro, seguido de Max Verstappen e Daniel Ricciardo.

            Lewis Hamilton sofreu com problemas no carro da Mercedes, e quando vinha para sua última tentativa de volta rápida no Q2, acabou atrapalhado pela batida de Stoffel Vandoorne. O inglês largará em 12º, com Felipe Massa em 14º, após o brasileiro também ter que abortar sua tentativa graças ao choque da McLaren do belga. Segundo a metereologia, há 60% de chance de chuva durante a corrida.
                  A surpresa veio com a Mclaren conseguindo levar os dois carros para o Q3. Jenson Button largará em último depois de sofrer uma punição no grid. Stoffel Vandoorne é o nono.
Felipe Massa não conseguiu fazer uma volta rápida no Q3 e largará em 15º.



  A raça do Brasil de Pelotas é tudo
que eu queria para o nosso Tubarão

       

                  Mais uma vez, a tradicional garra do Brasil de Pelotas se destacou  ontem, na sequência da Série B Nacional. O Xavante tomou um gol logo de cara, teve um jogador expulso ainda no primeiro tempo e um penalti contra, que o goleiro Eduardo Martini defendeu. Mas arrancou um empate (1 a 1) com o Goiás e até merecia ganhar o jogo. Alex Alves para os goianos e Bruno Lopes para os gaúchos foram os artilheiros.

 Ah,  como eu queria que o nosso Tubarão 
tivesse a raça do Xavante !

                   Nos outros dois jogos disputados ontem à noite, o Criciuma perdeu em casa para o América Mineiro por 3 a 1 (de virada) e o Boa empatou com o Oeste, por 1 a 1, em Minas Gerais. 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

  
É o que se diz em Brasília
Temer aceita renunciar, mas com a garantia de que não será preso. É o que se comenta em Brasília, agora à noite !


Caiu a presidente do BNDES




                     As coisas estão difíceis mesmo, lá em Brasilia.   A presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira. Maria Silvia estava no posto desde junho de 2016 após nomeação do presidente Michel Temer. 

                   Ela formalizou o pedido em reunião no início da tarde com o presidente, no Palácio do Planalto. Interinamente, responderá pela presidência o diretor Ricardo Ramos.
               Maria  Silvia afirmou que a demissão foi motivada por razões pessoais. Mas, segundo informou a GloboNews, Maria Silvia sofria pressão de empresários pela liberação de créditos.
             No fim da tarde desta sexta, o presidente Michel Temer recebeu no Planalto os ministros Dyogo Oliveira (Planejamento) e Henrique Meirelles (Fazenda). Segundo apurou o G1, o tema da reunião era a sucessão no comando do BNDES.